07 junho 2015

Quando o arrependimento bater

 {Leia ouvindo Nova História, banda Malta. }


Já ouvi muita gente teimando em perguntar:

- E quando o arrependimento bater? Vai voltar atrás?

São perguntas que não cansam de fazer. As pessoas acham que porque conhecemos ou nos relacionamos com alguém, essa pessoa tem a obrigação de se manter na nossa vida. - Fazendo você feliz, ou não-.
Não é bem assim. Não vê? Por mais feliz que a gente fosse, alguém no fundo iria sofrer.
Nunca a frase "Um coração não pode amar por dois." me soou tão realista.

Vai doer? Vai. Você vai chorar? Vai. Vai sentir um vazio enorme a cada passo por um lugar que já pertenceu a vocês? Vai também. É a lei da vida. Você vai ter que aprender a lidar com a saudade.
Não me diga "Eu não vou suportar" porque você vai. Sei que vai doer o que vou te dizer, mas você precisa ouvir:

- Ninguém morre por amor.

Doeu? Respira fundo e continua. Você consegue. Eu sei.
As pessoas teimam em achar que as pessoas nascem pra serem "felizes para sempre". Eu não acredito nisso. Quer um exemplo? Ai vai:
-Por que não mostra o que acontece com as princesas da disney depois que o filme chega ao fim?

Porque talvez, ela cansou daquela vida perfeitinha. Daquele príncipe perfeitinho e resolveu fugir com o lobo mal.
- Quem sabe, né?-

O que quero dizer é:

Quando o arrependimento bater, não vai ter "eu te amo" que cure. Você tem o direito de chutar o balde. Chutar pra longe tudo que te faz mal. Que te faz sentir dor. Isso deixou de ser amor pra se tornar carência. A culpa não é da saudade.

2 comentários:

  1. A mestre em quebrar a cara sou eu kkkkkk
    A gente tem essa mania besta de criar expectativas, e não ver elas se concretizando dói. Mas nenhuma dor é eterna. Então só resta seguir em frente.
    Adorei o texto ❤

    ResponderExcluir

Oi!♥
Comente sempre! Seja um membro ativo!
Amo responder comentários!