01 maio 2015

Eu recomecei




- Leia ouvindo Entre nós dois, banda malta -


Diferente de tudo que já escrevi, eu precisava lhe escrever isto.


Se passou muito tempo. Não dói mais como já doeu. 
Voltei a usar batom vermelho e delineador. Cê sabe né? Eu sempre amei esse combo.

Ando usando esmaltes cada vez mais coloridos. Meu cabelo tá crescendo cada dia mais lindo. Voltei a ter aquele brilho nos olhos que você dizia ser incrivelmente lindo. Você ter ido embora já não dói.
Ter recomeçado, -muito menos-.

Comprei um vestido e lembrei do quanto você achava lindo aquele modelo. Tô voltando a sair com meus amigos. Ando conhecendo e -reconhecendo- pessoas interessantes.

Encontrei esses dias, na fila do banco um garoto com os dedos gordinhos como os teus. Parei ali observando. Tantas lembranças vieram sabe?

Me falam que amam o que escrevo. E é incrível.

Ando conversando com alguém até tarde como a gente fazia e ele me arrancam sorrisos. É incrível como o tempo cura-ou ajuda- a curar tudo né?
Ele diz que tenho um sorriso lindo e repete quase sempre o quão idiota você foi. -Apesar que não o acho idiota. Foi uma escolha tua. Escolhas devem ser feitas-.

Fala que ama batom vermelho em mim, e que tenho um brilho lindo nos olhos. Engraçado. Você vivia dizendo isto não é?

Ando rindo com as minhas amigas do quanto idiota eu era. Vivo rindo sempre. Com todo mundo.

Minha mãe vive dizendo que estou tão mais feliz. Que as pessoas param ela pra elogiar. Ela já não pergunta por você como antes. E fico feliz por isso.


Ouvi dizer que a pior coisa é estar "sozinha". Mas quer mesmo saber?!

Escreve o que vou dizer: A pior coisa é estar com alguém, e se sentir numa prisão. Você não merece isto. Ninguém merece.
É sentir que tá na hora de partir e ficar achando que deve ficar. É chorar garota, ficando. E chorar se vendo ir embora. É também, ficar correndo atrás de alguém que não vale nem um passo teu. Acorda amiga. Amor não se implora.

Esse texto é basicamente pra lhe dizer que eu estou bem. Aliás, tô ótima. 
É pra te dizer que já não dói. Que eu tô cada dia mais feliz. Que já não me importo com você. -Pelo menos, não como antes-.
Que eu tô pouco me lixando se cê tem outra ou não. A fila anda.
Que eu tô feliz. Acordo sorrindo, durmo sorrindo. Pra dizer também que nunca mais chorei por você e -nem pretendo-.

A porta ainda tá aberta. Se quiser vir, venha. Eu não vou mais. Eu ainda esqueço que você disse que minha amizade não era mais tão importante assim.
Pra lhe dizer que não tem mais o que perdoar ou desculpar. Que eu não engoli o seu" Boa sorte na vida" e muito menos o  "Desculpe não ter sido uma pessoa legal." Porque cá entre nós, você não foi porque não quis. 
Eu já não perdoo mais nada. A gente se perdeu e eu não faço nenhuma questão, que se encontre.


4 comentários:

  1. Tenho que dizer, que todos seus textos dizem um pouco sobre mim
    como sempre arrasou

    Ta rolando concurso cultural no meu blog , corre la participar
    Tema : Nail Art
    http://eesmaltecia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ameeeiii !! 😍😍😍😍 Continue escrevendo sempre ! ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jaque obrigada! Continuarei sim!

      Excluir

Oi!♥
Comente sempre! Seja um membro ativo!
Amo responder comentários!